Trava Quedas

Trava Quedas

 

Equipamentos de Proteção Individual (EPI) são fundamentais na vida de quem trabalha em altura. Existem muitos acessórios de segurança, que são obrigatórios pela NR 35, mas um dos mais importantes, sem dúvidas, é o Trava Quedas.

 

É por meio desse cinturão estilo paraquedista que os trabalhadores se sentem realmente protegidos. Ele fica preso à linha de vida vertical (que é uma instalação de proteção por meio de fita ou cordas ligadas a ancoragem que suspendem o profissional). Ou seja, com pouquíssima diferença de espaço inicial salva, em segundos, a vida da pessoa.

 

Aqui no Nerea, você encontra vários modelos de Trava Quedas pelos melhores preços!

Como funciona o Trava Quedas

Com o auxílio desse equipamento de proteção, a pessoa consegue se movimentar, com segurança, na vertical e na horizontal. Dessa forma, é possível descer e subir com materiais sem correr risco queda.

 

Ideal para profissionais que trabalham em manutenção, consertos e limpeza em locais altos como, por exemplo, fachada de prédios, telhados, plataformas, etc. Ou seja, qualquer pessoa que necessite usar andaime ou cadeiras suspensas para executar suas atividades de trabalho.

 

  • Serviços que não precisam de mobilidade: O trava quedas precisa estar conectado a um cabo guia inox ou então galvanizado - o importante é que o equipamento seja de aço e tenha diâmetro de 8 mm. A parte de cima do cabo que irá guiar precisa estar ligada a estrutura, enquanto a debaixo pode estar solta.

 

  • Serviços que precisam de mobilidade: Quando o profissional precisa se movimentar, é necessário que o trava quedas esteja conectado a uma corda de nylon de 12 mm.  

 

O cabo guia horizontal é necessário em serviços onde é preciso se movimentar em telhados, por exemplo. Já o cabo guia vertical é necessário para subir por escadas e/ou andaimes acima de 6 metros.

 

. Vantagens do Trava Queda

 

  • Evita queda com travamento imediato

  • Trava com menos espaço que outros equipamentos de segurança

  • Não há sobra de cordas

  • Reduz as chances de tropeços ao se deslocar

  • Protege a pessoa tanto em deslocamentos verticais quanto horizontais

Tipos de Trava Quedas

Existem diferentes modelos de Trava Quedas. O equipamento, mesmo acoplado na linha de vida vertical, consegue se deslocar rapidamente na linha de ancoragem rígida (trilho de aço) e flexível (corda sintética).

 

Trava quedas retrátil

É formado por um cabo de aço capaz de se retrair ou expandir por meio de uma mola. Esse movimento ocorre de acordo com a locomoção realizada pela pessoa no sentido horizontal ou vertical. Durante qualquer impacto, o trava quedas retrátil impede a movimentação brusca da pessoa.

 

É ideal para carga e descarga de vagões e caminhões.

 

  • Amarração retrátil

  • Bloqueio e liberação automática  

  • Para ser fixado em um ponto que esteja acima do lugar onde o trabalho será realizado

  • Precisa ser colocado em um local capaz de resistir 1,2 toneladas

 

  • É usado com ancoragem (dorsal ou frontal) e cinto paraquedista

 

  • Deslocamento feito por um trole (sentido horizontal)

 

  • A mola de retorno impede que o cabo afrouxe

 

Trava quedas deslizante

Produzido em aço inox, é recomendado para ser utilizado acoplado a um cabo de aço (6X19) de 8 mm (que pode ser galvanizado ou do mesmo material do trava quedas). Além disso,  esse cabo guia precisa conseguir suportar 3,4 toneladas.

 

  • Obrigatório para proteger quem trabalha em altura (suspenso por cadeiras, andaimes e escadas fixas acima de 2 metros)

  • Trava tripla de segurança

  • Precisa ser ligado à argola dorsal ou alça da frente do cinturão paraquedista

  • Pode ser conectado também através de um extensor ou mosquetão

  • Trava a linha de segurança em dois pontos ao mesmo tempo

Como instalar o trava quedas

Antes de utilizar o trava quedas em trabalho em alturas é necessário conferir se o mesmo não está com defeito. Além disso, é preciso seguir todos procedimentos de acordo com a NR 35. A supervisão de um profissional de segurança do trabalho é obrigatória para checar todo o passo a passo.

 

  1. Coloque a espessura adequada na corda de sustentação ou cabo de aço

  2. Verifique como estão as condições do trava quedas antes de encaixá-lo na parte interna da corda

  3. Certifique-se de que está bem travado e encaixado antes de qualquer movimento

  4. Teste o travamento imediato do equipamento

  5. Leia sempre o manual e conte com supervisão de um profissional qualificado em segurança do trabalho

 

No Nerea, você encontra diversos modelos de trava queda!  



 

Detalhes

Trava Quedas

 

Equipamentos de Proteção Individual (EPI) são fundamentais na vida de quem trabalha em altura. Existem muitos acessórios de segurança, que são obrigatórios pela NR 35, mas um dos mais importantes, sem dúvidas, é o Trava Quedas.

 

É por meio desse cinturão estilo paraquedista que os trabalhadores se sentem realmente protegidos. Ele fica preso à linha de vida vertical (que é uma instalação de proteção por meio de fita ou cordas ligadas a ancoragem que suspendem o profissional). Ou seja, com pouquíssima diferença de espaço inicial salva, em segundos, a vida da pessoa.

 

Aqui no Nerea, você encontra vários modelos de Trava Quedas pelos melhores preços!

Como funciona o Trava Quedas

Com o auxílio desse equipamento de proteção, a pessoa consegue se movimentar, com segurança, na vertical e na horizontal. Dessa forma, é possível descer e subir com materiais sem correr risco queda.

 

Ideal para profissionais que trabalham em manutenção, consertos e limpeza em locais altos como, por exemplo, fachada de prédios, telhados, plataformas, etc. Ou seja, qualquer pessoa que necessite usar andaime ou cadeiras suspensas para executar suas atividades de trabalho.

 

  • Serviços que não precisam de mobilidade: O trava quedas precisa estar conectado a um cabo guia inox ou então galvanizado - o importante é que o equipamento seja de aço e tenha diâmetro de 8 mm. A parte de cima do cabo que irá guiar precisa estar ligada a estrutura, enquanto a debaixo pode estar solta.

 

  • Serviços que precisam de mobilidade: Quando o profissional precisa se movimentar, é necessário que o trava quedas esteja conectado a uma corda de nylon de 12 mm.  

 

O cabo guia horizontal é necessário em serviços onde é preciso se movimentar em telhados, por exemplo. Já o cabo guia vertical é necessário para subir por escadas e/ou andaimes acima de 6 metros.

 

. Vantagens do Trava Queda

 

  • Evita queda com travamento imediato

  • Trava com menos espaço que outros equipamentos de segurança

  • Não há sobra de cordas

  • Reduz as chances de tropeços ao se deslocar

  • Protege a pessoa tanto em deslocamentos verticais quanto horizontais

Tipos de Trava Quedas

Existem diferentes modelos de Trava Quedas. O equipamento, mesmo acoplado na linha de vida vertical, consegue se deslocar rapidamente na linha de ancoragem rígida (trilho de aço) e flexível (corda sintética).

 

Trava quedas retrátil

É formado por um cabo de aço capaz de se retrair ou expandir por meio de uma mola. Esse movimento ocorre de acordo com a locomoção realizada pela pessoa no sentido horizontal ou vertical. Durante qualquer impacto, o trava quedas retrátil impede a movimentação brusca da pessoa.

 

É ideal para carga e descarga de vagões e caminhões.

 

  • Amarração retrátil

  • Bloqueio e liberação automática  

  • Para ser fixado em um ponto que esteja acima do lugar onde o trabalho será realizado

  • Precisa ser colocado em um local capaz de resistir 1,2 toneladas

 

  • É usado com ancoragem (dorsal ou frontal) e cinto paraquedista

 

  • Deslocamento feito por um trole (sentido horizontal)

 

  • A mola de retorno impede que o cabo afrouxe

 

Trava quedas deslizante

Produzido em aço inox, é recomendado para ser utilizado acoplado a um cabo de aço (6X19) de 8 mm (que pode ser galvanizado ou do mesmo material do trava quedas). Além disso,  esse cabo guia precisa conseguir suportar 3,4 toneladas.

 

  • Obrigatório para proteger quem trabalha em altura (suspenso por cadeiras, andaimes e escadas fixas acima de 2 metros)

  • Trava tripla de segurança

  • Precisa ser ligado à argola dorsal ou alça da frente do cinturão paraquedista

  • Pode ser conectado também através de um extensor ou mosquetão

  • Trava a linha de segurança em dois pontos ao mesmo tempo

Como instalar o trava quedas

Antes de utilizar o trava quedas em trabalho em alturas é necessário conferir se o mesmo não está com defeito. Além disso, é preciso seguir todos procedimentos de acordo com a NR 35. A supervisão de um profissional de segurança do trabalho é obrigatória para checar todo o passo a passo.

 

  1. Coloque a espessura adequada na corda de sustentação ou cabo de aço

  2. Verifique como estão as condições do trava quedas antes de encaixá-lo na parte interna da corda

  3. Certifique-se de que está bem travado e encaixado antes de qualquer movimento

  4. Teste o travamento imediato do equipamento

  5. Leia sempre o manual e conte com supervisão de um profissional qualificado em segurança do trabalho

 

No Nerea, você encontra diversos modelos de trava queda!  



 

Veja nosso blog

  • Dia dos Pais com Desconto de até R$100!

    • Parece que o ano começou ontem, mas já estamos em agosto de 2017! E no próximo domingo, chega mais uma das datas mais significativas do anos: o Dia dos Pais. Para você que tem um pai aventureiro que gosta de esportes, caminhadas ou viagens, nós temos uma boa notícia! De hoje até domingo, dia 13/08, a nossa loja virtual está com uma promoção para lá de ...
    • Continue Lendo
  • Roupas térmicas para o inverno!

    • Muita gente pôde sentir que o inverno deste ano veio mais rigoroso, o que fez com que a maioria das pessoas despreparadas para o clima investisse em roupas térmicas para manter-se agasalhadas. Seja no dia a dia, no ambiente de trabalho, escola ou mesmo na natureza praticando esportes, manter-se aquecido de maneira correta é crucial para conforto e saúde. Então, se nós brasileiros, que vivemos num clima ...
    • Continue Lendo
  • Faça A Diferença No Planeta

    • Muito se fala sobre sustentabilidade e sobre a situação do nosso planeta. É sabido que que a Terra não suportará para sempre o modelo atual de consumo e a forma como é feito o descarte dos insumos. Por mais que seja essencial a cobrança dos órgãos públicos e grandes empresas o problema não estará resolvido se a consciência sustentável não ...
    • Continue Lendo

Por favor aguarde...