Virtual Climb: Detalhes dos bastidores

parede de escalada virtual

A parede de escalada virtual ou virtual climb foi um sucesso quando esteve em no Shopping Estação e agora está rodando pelo Brasil. 

Aproveitando esse sucesso, conversamos com Fabio Araújo, um dos organizadores do evento e já podemos dizer logo de cara que, os mineiros podem esperar mais eventos como esse:

Estamos com vários planos, mas por hora ainda não posso divulgar. 

 

A VirtualClimb mistura a escalada com diversas atrações eletrônicas, graças a isso Fábio falou que com essa mistura a atração atinge uma variedade de público muito grande:

Como temos 5 jogos diferentes, conseguimos atender de 3 a 80 anos. Da diversão para crianças(e porque não dizer em iniciação esportiva) a atletas de alta performance. 

 

Além disso, a atração é tão versátil que em 2020 ela vai servir de treinamento para atletas filandeses que irão disputar as olimpíadas. 

Por ser uma inovação, Fábio falou qual público eles buscam atingir para começar a expandir os horizontes:

Como a VirtualClimb é uma inovação, temos um forte apelo entre amadores e atletas, afinal a curiosidade é natural do ser humano. Com certeza os objetivos e desafios são diferentes em cada público, mas a cada dia aprendemos mais sobre como proporcionar as melhores experiências. 

 

Atualmente, o engajamento com o público é um diferencial para que a empresa saia na frente dos concorrentes. 

Para ter esse contato com o público, a VirtualClimb disponibiliza o vídeo da escalada para o pessoal, Fábio falou o quão isso é importante para ambos os lados:

Receber um vídeo de sua escalada é uma forma de recall de marca para o contratante. Isso nos traz a possibilidade de contarmos com o usário final para a assessoria na divulgação do produto, afinal as pessoas querem compartilhar essa ''brincadeira''.

 

As atrações são criadas visando a diversão do público, Fábio contou como vem as ideias dessas criações e falou a importância da VirtualClimb estar presente em outros países:

O input que vem desses mais de 40 países é a melhor forma de entender as necessidades do consumidor, mas há um grande investimento em pesquisa e desenvolvimento. 

 

A escolha dos países de atuação também são feitas após muita pesquisa, o representante da VirtualClimb no Brasil falou como a escolha acontece:

O produto é vendido globalmlente e o critério é de que um represnetante não atue na área de outro. A busca é pela integridade do mercado, mas ao mesmo tempo buscar a capilaridade do produto. 

 

Depois da primeira experiência com a parede de escalada, os participantes estão buscando bis, mas enquanto a outra atração não é revelada, confira um pouco mais sobre a virtrux


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Por favor aguarde...