Teste drive deuter em mais uma travessia

Teste drive deuter
A trilheira Fabiana Senna pegou uma mochila Deuter para test driver e virou mais uma fã Deuter. Ela contou um pouquinho da sua experiência com a ACT Trail Pro durante o teste drive e também sobre a sua mochila Futura Vario. Dá uma conferida:
 
Meu maior medo ao fazer uma travessia é "e se faltar comida e água?", itens que são grandes responsáveis por ocupar muito espaço e aumentar, potencialmente, a carga da mochila. Por esse motivo, resolvi apostar numa cargueira (Deuter Futura Vario 45l+10l SL), que tem sido minha companheira em várias "pernadas".
 
No início, eu sempre a usava no seu limite máximo, independente se o trekking fosse de dois ou de quatro dias. Mas bastou um pouquinho de experiência para eu perceber que o excesso de peso era resultado da falta de planejamento.
 
Atualmente, me informo bem sobre os pontos de água ao longo da travessia, dessa forma, economizo na quantidade de líquido que levo. Sobre as comidas, também aprendi a otimizar e a calcular melhor as quantidades diárias de lanches e de "almojantas", reduzindo significativamente a carga.
 
A minha grande "prova dos 9" foi quando fui à loja Nerea e o vendedor (Walter, um fofo por sinal) me ofereceu para testar a mochila Deuter ACT Trail Pro 32l Sl, para a travessia que iria fazer de Petrópolis a Teresópolis (RJ).
 

 
Acabei aceitando mais por educação, porque realmente duvidei que seria possível levar tudo o que eu necessitava para a trilha em apenas 32l! Mas para a minha surpresa coube tudo!!!! Barraca, saco de dormir, roupas, itens de higiene e primeiros socorros e COMIDA! rs... O isolante térmico foi pendurado do lado de fora da mochila, mas uso essa logística até para transportá-lo na cargueira.
 
Fato é que essa mochila virou minha queridinha para trekking mais curto. Compacta, leve e prática! Achei que por ter a alça mais fina fosse incomodar no ombro, mas o peso é distribuído todo na cintura e, como a  barrigueira é acolchoada, ela é bem confortável.
 
Pegamos muita chuva ao longo do caminho e, como dos demais modelos, a capa deu conta de manter tudo sequinho dentro da mochila. Enfim, é uma libertação fazer trilha com mochila mais leve e eu super indico esse modelo da Deuter! 
 
Obrigada Nerea e Deuter!
 
Um abraço,
 
Fabi

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Por favor aguarde...