Rapel: Atividade para toda a família

rapel

Rapel é uma atividade muito praticada e atrai olhares de todas as idades, desde os mais jovens que querem ingressar na atividade, até os mais experientes que querem praticar rapel em lugares diferentes e mais difíceis. 

Ainda em clima de dia das crianças, vamos falar do rapel para os baixinhos. Alguns pais não permitem que a criança faça rapel devido ao perigo, porém a evolução do esporte e dos equipamentos foi tanta que dá para se praticar rapel com segurança mesmo sendo criança ou inexperiente.

Para deixar os pais tranquilos em relação a segurança, é recomendado que a prática seja feita juntamente com um instrutor especializado, e isso, misturado com a evolução dos equipamentos, faz com que a prática do rapel seja segura e sem riscos. 

Com instrutores especializados e equipamentos de primeira, o percurso de rapel é montado com muita técnica e eficiência fazendo com que pontos de ancoragem e backup forneçam uma segurança eficiente. 

No dia 8 de outubro, a NEREA participou de um evento no Hospital Santa Casa de Misericórdia. Para a segurança de todos, a NEREA contou com equipamentos de qualidade e de profissionais treinados para a realização do rapel. 

O evento foi chamado de ''O dia do super herói'', e contou com Homem Aranha, Capitão América, Superman e outros. Para fazer analogia aos poderes do Superman e do Homem Aranha, profissionais treinados desceram de rapel pelo lado de fora do Hospital e alegraram todos presentes, inclusive os pais. 

Focando em conscientizar a todos sobre a importância de seguir as normas de segurança e fazer com que a prática de rapel seja um sucesso, vamos descrever o que é rapel, back up e pontos de ancoragem. 

 

O que é rapel?

Rapel é o processo de descida de algum obstáculo vertical como por exemplo: paredão. 

Rapel foi criado através das técnicas do alpinismo. 

O rapel é comumente praticado em grupo, onde cada praticante deve se preocupar com a integridade do companheiro. 

O rapel não é utilizado apenas como prática esportiva, a técnica é usada por equipes de resgate como bombeiros, em situações onde há necessidade de superar um obstáculo vertical. 

 

Back Up

Mesmo com toda a evolução dos equipamentos, cuidado nunca é demais. O back up é uma corda secundária que é recomendada em toda prática de rapel, porém é utilizado apenas em trabalho em altura. 

A montagem de um back up é importantíssima para a segurança de quem ira praticar o rapel, pois esse mecanismo vai evitar com que o mesmo caia no chão devido a um erro ou perda da consciência. 

 

Ancoragem

Uma ancoragem segura é essencial para que a técnica  de rapel seja bem sucedida. 

Antes de se pendurar, é necessário checar onde as ancoragens serão feitas, pois elas precisam aguentar o peso do que ou de quem vai se pendurar na corda. 

Existem três tipos de ancoragem: Estrutural, Artificial e Natural. 

 

Seguindo todas essas normas e trabalhando com equipamentos de qualidade, a NEREA proporcionou diversão para a garotada e não correu riscos, o que fez o evento fluir de maneira muito boa. 

Seguir normas corretamente é mais trabalhosos, porém fará com que riscos à sua vida sejam nulos. 


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Por favor aguarde...